CPI da JBS: Francischini pede cooperação do FBI para investigar Joesley

intervenção militar
Comando do Exército NÃO VAI PUNIR general por sugerir intervenção no país
20/09/2017
É da Marisa? Lula tem 15 dias para provar que valores bloqueados não são dele
21/09/2017

CPI da JBS: Francischini pede cooperação do FBI para investigar Joesley

joesley

A CPI da JBS que trata da corrupção envolvendo negócios do grupo J&F, investiga aquisições feitas pela empresa nos Estados Unidos, para isso, deverá aprovar um pedido de acordo de cooperação de autoridades brasileiras com o FBI e o Federal Reserv System (FED), o equivalente americano ao Banco Central.

Entre os negócios investigados está a compra pela JBS, da empresa norte-americana Swift, em 2007, por US$ 1,4 bilhão, dinheiro obtido através do BNDES. Ao deter a propriedade da Swift, a JBS se tornou a maior empresa de alimentos de origem bovina no mundo. Segundo o sub-relator na CPI e autor do pedido de cooperação, o deputado Delegado Francischini, O BNDES não só financiou o grupo, como adquiriu participação na JBS, sendo dono de 21% da empresa.

“É de suma importância a cooperação das autoridades americanas no sentido de elucidar estas operações e dirimir quaisquer dúvidas sobre possíveis ilícitos realizados com dinheiro do BNDES nestas operações” – declara o sub-relator da CPI da JBS.

Francischini explica no pedido que a JBS foi beneficiada pela chamada “política de campeões” do BNDES, que tinha o objetivo de financiar a internacionalização de grupos brasileiros. Benefícios que ajudaram a empresa a decolar numa “vertiginosa expansão internacional”, que incluiria ainda, segundo o deputado, a compra da Pilgrim´s Pride, uma empresa de frango também norte-americana e dos frigoríficos brasileiros Seara e Bertin, passando a ser também a maior produtora mundial de carne de aves. 

1 Comentário

  1. Agora nosso querido Brasil vai melhorar c estas descobertas de corrupção. A muito estávamos sendo roubados…está escrito na bíblia que nada ficará encoberto. Graças a Deus que chegou o tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Siga-me nas Redes Sociais!