Gilmar suspende transferência de Cabral por não ver ameaça em menção a família de Bretas

Após recusar convite, ‘braço direito’ de Janot deve ser convocado na CPMI da JBS
31/10/2017
Francischini rebate posição do CFP contra Lei de diagnóstico sobre autismo: “Estão desprezando a luta de milhares de famílias”
01/11/2017

Gilmar suspende transferência de Cabral por não ver ameaça em menção a família de Bretas

O ministro do STF, Gilmar Mendes, decidiu atender a um pedido de Sérgio Cabral para mantê-lo na unidade prisional de Benfica. Assim, Gilmar suspendeu a transferência do ex-governador para o presídio federal de Campo Grande (MS), conforme determinado pelo juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal, do Rio, após pedido do Ministério Público Federal. Para o ministro, não há nada “relevante” no fato de Cabral ter citado em depoimento que familiares de Bretas vendem bijuterias.

Vantagem para Cabral, que acabou de receber um belo presente: uma sala de cinema equipada com televisão de 65 polegadas, home theater e DVDs. Só a televisão custou R$ 7,5 mil. Desde maio, ele está no presídio de Benfica, onde estão outros presos da Lava Jato, como o ex-secretário de Saúde Sérgio Côrtes e o ex-secretário de governo Wilson Carlos, este último, será diretor da cinemateca e a cada três dias trabalhados, ele terá abatido um dia da pena.

A instalação dessa sala é prevista pela Lei de Execução Penal para fins educativos. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, todas as salas de cinema foram doadas pela Igreja Batista do Méier, que também fica na zona norte da cidade, e pela Comunidade Cristã Novo Dia. Com tanta regalia, ser transferido para um presídio de segurança máxima não era uma boa opção, realmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Siga-me nas Redes Sociais!