Com questionário, PCC faz “censo” e avalia comida, atendimento jurídico e de saúde em presídios


A facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) criou um questionário com 42 perguntas com o objetivo de mapear e obter informações sobre a rotina e a segurança das prisões brasileiras. Investigadores da Operação Echelon descobriram o mapeamento ao interceptarem um telefonema ocorrido no dia 6 de setembro de 2017 entre o líder do PCC no Paraná, Jaderson Gonçalves, e um interlocutor não identificado.

Conhecido pelos apelidos “Pitter”, “Petter”, “Pedro Henrique”, “Jon Piter” e “Guaíra”, o criminoso está preso e mesmo assim obteve acesso a um celular na Penitenciária Estadual de Piraquara I, localizada na região metropolitana de Curitiba.

Informações: Uol.

Foto: Uol.