Terreno alugado reduz tensão no Santa Cândida após 5 meses de vigília pró-Lula


A vigília de Lula em Curitiba completa cinco meses sábado (8) em um clima mais tranquilo de quando o ex-presidente foi preso em 7 de abril. Grande parte das confusões entre os apoiadores do petista com moradores do bairro Santa Cândida e mesmo com grupos contrários teve uma trégua a partir de julho, quando os militantes de esquerda alugaram um terreno em frente à Polícia Federal (PF). Mesmo no terreno privado, porém, ainda há quem reclame do barulho da militância – especialmente nos fins de semana.

O incômodo é relatado por quem mora muito próximo ao terreno alugado pelos apoiadores, na esquina das ruas Sandália Monzon e Engenheiro Paulo Brandão. “Eles respeitam os horários durante a semana, mas sexta, sábado e domingo vem muita gente visitar. Aí eles gritam muito, fica insuportável. Tem fim de semana que eles parecem passar o dia inteiro batucando”, conta Giovana Amaral, de 37 anos, que mora logo em frente ao espaço. De acordo com a vigília, porém, como o terreno é particular, há o direito de livre expressão dentro dele – o que estaria sendo feito conforme regras estipuladas em audiência de conciliação em julho.”

Informações: Gazeta do Povo.

Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo