URGENTE: Delegado Francischini descobre que Adélio Bispo esteve na Câmara em 2013 e requer investigação


O candidato a deputado estadual pelo Paraná, Delegado Francischini, atual Líder do PSL no Congresso Nacional, descobriu, a pedido do site O Antagonista, que Adélio Bispo de Oliveira, que tentou assassinar Jair Bolsonaro, esteve na Câmara dos Deputados em 6 de agosto de 2013.

Por isso, Francischini acaba de protocolar requerimento de informações ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a fim de obter detalhes da visita do agressor, assim como imagens. O deputado também encaminhou as informações à Polícia Federal, que investiga o atentado.

Ainda não há detalhes sobre quem Adélio teria visitado nem o motivo de sua presença. Ele era então filiado ao PSOL.