Torre de Marfim: PF faz nova operação por suspeita de desvio de dinheiro na UFSC

Artimanhas da defesa de Lula só tem um objetivo: Obstruir a Lava Jato
06/12/2017
Teremos um “Deputado Lula” em 2018?
08/12/2017

Torre de Marfim: PF faz nova operação por suspeita de desvio de dinheiro na UFSC

A Polícia Federal faz, nesta quinta-feira, mais uma operação para apurar suspeitas de desvio de dinheiro público em projetos de pesquisa desenvolvidos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em 14 de setembro, outra operação que apurava desvio de recursos para cursos de Educação à Distância, levou à prisão o reitor Luís Carlos Cancellier de Olivo, que morreu depois de pular no vão central do shopping Beiramar, em Florianópolis na manhã de 2 de outubro.

À época da prisão, Cancellier foi liberado no dia seguinte, mas, por determinação da Justiça, foi afastado do seu trabalho na universidade. Nesta quarta-feira, a Corregedoria da PF informou que abriu uma sindicância para apurar se a delegada responsável pela investigação cometeu abusos que contribuíram para a morte do reitor.

Chamada Operação Torre de Marfim, a investigação desta quinta-feira apura se dois servidores da universidade movimentaram cerca de R$ 300 milhões em contratos na coordenação de projetos e convênios entre 2010 a 2017. Não há informações até o momento de que a ação investiga a participação de do reitor.

Estão sendo cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e seis mandados de condução coercitiva em Florianópolis e Balneário Camboriú. Além dos policiais federais, servidores do TCU e da Controladoria Geral da União (CGU) acompanham os trabalhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Siga-me nas Redes Sociais!